#LIVE · Desafios · Internet · Social Media

#LIVE

Com o grande desenvolvimento dos Social Media, cada vez mais, as marcas estão a perceber a importância de possuírem uma identidade digital, e de marcarem  o seu território no mundo online. É importante que as marcas pensem nos Social Media como canais interativos e de comunicação que permitem a partilha de informação sucinta e relevante, mas também como uma forma de  criar relações entre a marca e os seus variados públicos.

Se há uns anos a partilha de informação era feita boca-a-boca, ou através dos meios de comunicação, atualmente, tudo está mais rápido. Graças aos Social Media, cada um de nós pode não só partilhar informação, como faz questão de querer fazer parte dessa partilha. É sobre este tema que fala o Projeto  #LIVE – Twitter – Digital Advertising & Marketing & Social Media Documentary.  Este projeto apelida-se de #LIVE pois realça a importância do agora e do momento presente, daí a constante referência ao uso do expressões como “in the moment“, “fresh” e “present“. #LIVE é um projeto que alerta para uma nova realidade criada pelos Social Media e que marca uma nova forma das diversas entidades comunicarem com os seus púbicos, o live storytelling. 

“The audience is inside of it, they contribute to it ,(…)  it acctually changes and shapes  itself based on reactions (…) dosent’ end when you say it’s over, it ends when conversation is no longer held”

– Joel Lunenfeld (VP, Global Brand Strategy – Twitter)

O desenvolvimento do conceito de live storytelling foi possivel graças às características interativas dos Social Media, que permitem que todos nós possamos participar na construção de histórias e ideias. Isto faz com que o adjetivo de “criativos” deixe de estar reservado apenas para quem gere a comunicação das marcas, uma vez que ,hoje em dia, todos nós podemos ser produtores de conteúdos. Assim, atualmente, o grande desafio para as marcas passa por apostar numa comunicação que consiga gerar conversas em torno dos conteúdos partilhados, de modo a suscitar a interação e a criação de relações com os seus públicos.

“Now people can step into the story. We are seeing people respond to brands and brands take that content and acttualy do something with it in the moment”

-Melissa Barnes (Head of Global Brands – Twitter)

O Twitter é um Social Media que liga pessoas e empresas do mundo inteiro, possibilita a partilha de informação em tempo real, e permite que os utilizadores possam descobrir, no exato momento, quais os assuntos mais falados e o que está a acontecer no mundo. Devido a estas características, o Twitter favorece o desenvolvimento do live storytelling, daí ser um dos Social Media mais usados para gerar conversas em torno dos conteúdos partilhados. Assim,  torna-se necessário para as marcas perceber quais os assuntos que estão a ter uma maior relevância no momento, e que possam constituir uma oportunidade para estas criarem interação e uma rede de relações com os seus públicos.

“We are looking for ways when the brand can respond in an autentic way and be part of a conversation”

-Matt Mento (Exectitive Creative Director -Mcgarrybowen)

 

oreoestaComo práticas de sucesso que retratem esta situação, podemos focar-nos no tweet realizado pela Oreo. Este tweet foi feito pela marca a meio de um jogo do Super Bowl quando ocorreu um corte de energia. A Oreo sabia que o Super Bowl era um dos eventos com grande relevância do momento, e viu no incidente ocorrido uma oportunidade para gerar conversa em torno da sua marca, graças ao conteúdo que partilhou.

“The new world order of communications today incorporates the whole of the way people are interacting with brands right now. Once the blackout happened, no one was distracted — there was nothing going on. The combination of speed and cultural relevance propelled it the forefront.”

– Sarah Hofstetter,Diretora da empresa de marketing responsável por este tweet.

Contudo, nem todos os dias existem grandiosos eventos como o Super Bowl, mas as marcas devem ter uma comunicação constante com os seus públicos. Assim, é importante que consigam identificar, ou até mesmo criar campanhas que permitam no normal dia-a-dia das pessoas gerar conversa e interação com os seus públicos.

“The best brands are the ones that are operating in real time who play head froward (…) there are everyday live storytelling opportunities”

-Melissa Barnes (Head of Global Brands – Twitter)

share

Como exemplo desta situação, podemos centrar a nossa atenção na marca Coca-Cola, que no Verão passado produziu uma nova gama de garrafas do seu produto, com a frase  “Share a Coke with…” e onde cada garrafa tinha um nome diferente estampado. A Coca-Cola encorajou no Twitter as pessoas a publicarem as suas histórias e momentos, mostrando com quem estavam a partilhar a sua Coca-Cola usando  a hastag #ShareACoke. A fórmula para o sucesso desta campanha, baseou-se em perceber a oportunidade de gerar conversa em torno da marca, com o simples gesto de partilhar uma Coca-Cola com alguém. Esta campanha esteve presente em mais de 70 países, e a hastag #ShareACoke foi mencionada mais de 170,500  vezes.

“Social Media is social and not just all about you”

Chirs Hardwick -(Host -@midnight)

Assim, as marcas devem reconhecer que é fundamental uma comunicação constante com os seus públicos, mas que esta comunicação não se pode centrar apenas na marca, pois se tal acontecer esta corre o risco de ser ignorada. O ideal é que as marcas façam uso do princípio 80/20, ou seja: 80% dos Tweets da marca devem focar-se na criação de interação com os seus seguidores e gerar retweets, comentários e likes e apenas 20% dos Tweets devem focar-se na divulgação da marca e os seus produtos.

É de notar que apesar de ter centrado a minha análise do live storytelling apenas na comunicação das marcas, o documentário #LIVE demonstra que esta questão está presente em praticamente tudo hoje em dia, desde a politica, jornalismo e até mesmo no entretenimento.

Como vimos, os Social Media permitem que cada um de nós seja produtor de conteúdos, contudo nem todos os conteúdos se destacam, fazendo com que muita informação se perca. Os melhores conteúdos são produzidos por quem vê uma grande oportunidade num dado acontecimento momentâneo, e consegue criar conteúdos que acrescentem valor e gerem conversa em torno desse momento. Assim, o facto de atualmente estar tudo mais #LIVE  torna-nos a todos”pedreiros”,mas só alguns”engenheiros”.

Rita Cavalheiro

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s